Apresentamos a seguir o significado dos principais termos e terminologias utilizadas no mercado de franquias, o glossário de franquia:

CIRCULAR DE OFERTA DA FRANQUIA (COF)
Trata-se de um documento que deve prestar ao candidato a franqueado informações corretas e fundamentais sobre a empresa franqueadora, e a franquia, “em linguagem clara e acessível”, conforme determina a lei 8.955 de 15/12/94. Este documento é obrigatório, e deve ser entregue ao candidato, mediante assinatura de um protocolo de recebimento, no mínimo 10 dias antes da assinatura do Contrato de Franquia.

CONSELHO DE FRANQUEADOS
Órgão de representação coletiva dos franqueados junto ao franqueador. As funções, poder de decisão, regras de formação, quorum, etc. são estabelecidos pelo franqueador. O principal objetivo do Conselho é representar os franqueados, buscando uma permanente melhoria no relacionamento interno da rede e soluções de problemas que visam o benefício de todos.

FRANQUEADO
Pessoa aprovada pelo franqueador para fazer parte de sua rede de franquias, com direito de uso da marca e acesso ao sistema operacional e administrativo da franquia, através de treinamentos e manuais, seguindo o padrão da rede, de acordo com as regras estabelecidas no contrato de franquia assinado entre as partes.

FRANQUEADOR
Empresário especialista, que através de sua empresa detém os direitos sobre uma marca registrada e reconhecida pelo mercado, que sistematiza suas experiências e conceito de negócio, com o objetivo de expandir a marca no mercado, através de franqueados. O Franqueador transfere aos franqueados, através do contrato de franquia, o direito ao uso da marca e acesso ao seu know-how de operação e administração do negócio, por um prazo determinado, renovável conforme interesse das partes.

FRANQUIA
É a unidade adquirida, instalada, operacionalizada e gerenciada pelo franqueado, de acordo com os padrões definidos no Contrato de Franquia. O termo Franquia pode ser também utilizado para se referir ao sistema de franchising.

MASTER FRANQUIA
Sistema pelo qual o franqueador concede a terceiros a direito de vender a sua marca em determinada região

MANUAIS DA FRANQUIA
Os manuais da franquia registram o know-how do franqueador, e configuram-se como ferramentas de transferência de conhecimentos e experiências. Contêm as normas e os padrões do negócio, definem como operacionalizar a franquia, facilitando a administração da unidade franqueada e a coordenação da atividade franqueadora. Trazem o segredo do sucesso, e por isto mesmo são protegidos por direito autoral.

SISTEMA DE FRANCHISING
O que está por trás do Sistema de Franchising é um canal de distribuição específico, de ampla aplicabilidade, que exige fidelidade entre o franqueador e franqueado, e que corretamente formatado, permite às partes, por força de um contrato específico de franquia, estabelecer entre si uma relação de interdependência. A empresa franqueadora e franqueada vão ao mercado, sob uma única bandeira e sistemática, distribuir para o consumidor final, um conjunto de produtos e/ou serviços.

SUPERVISÃO DE CAMPO
Consiste em visitas periódicas que um representante do franqueador faz a cada franqueado, com o objetivo de acompanhar a atuação de cada unidade franqueada e da rede como um todo, levantar problemas, fornecer informações, supervisionar o cumprimento das normas da franquia, atualizar procedimentos, etc.

TAXA DE FRANQUIA
A taxa de franquia, ou taxa de adesão ao sistema, é paga pelo franqueado ao franqueador, na assinatura do Contrato de Franquia. Essa taxa tem como objetivo cobrir parte dos custos com os componentes do programa de formatação da franquia, remunerar o franqueador pela concessão do know-how e de tudo que fez para tornar a sua marca bem conhecida e de sucesso no mercado, e ao franqueado, pela oportunidade de ingresso em uma rede de negócios, e o direito de uso da marca.

TAXA DE PUBLICIDADE E FUNDO COOPERADO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA
A Taxa de Publicidade e Propaganda é uma contribuição mensal de cada unidade destinada a acumular recursos de toda a Rede para o “Fundo Cooperado de Publicidade e Propaganda – FCPP”. O objetivo do FCPP é o de unir recursos para divulgar a marca, os produtos, os serviços, as campanhas e promoções, catálogos, logotipos e demais fatos e argumentos de negócios, todos ligados diretamente à franquia.

TAXA DE ROYALTIES
A taxa de Royalties é um valor pago, em geral, mensalmente, por cada franqueado à empresa franqueadora. Essa taxa remunera o acesso continuado do franqueado aos benefícios que lhe resultam do fato de integrar uma rede de negócios padronizados e aos serviços oferecidos pela franqueadora. A forma de cobrança desta taxa depende da concepção do projeto, normalmente seu valor é calculado em uma das seguintes formas:
- Valor percentual sobre o faturamento bruto da unidade franqueada;
- Valor percentual sobre o total das compras mensais da unidade franqueada;
- Valor fixo mensal.

TERRITÓRIO
Área de atuação da unidade franqueada, com exclusividade ou preferência para o franqueado, conforme definido em cada contrato de franquia.

UNIDADE PILOTO
Unidade própria do franqueador que serve de modelo para as unidades franqueadas. A operação de uma unidade piloto permite ao franqueador consolidar uma experiência no conceito de negócio, definir métodos de trabalho e revê-los quando necessário; e ainda, introduzir novos produtos e/ou serviços testando-os antes de multiplicá-los na rede.